quarta-feira, 18 de junho de 2014

Reunião de Pais


Para a Reunião de Pais é favor levarem esferográfica, o número do cartão da Segurança Social, ADSE, nº. da apólice de seguro (caso tenham seguro) e número do cartão de cidadão do(a) seu(a) educando(a).

Obrigada

domingo, 25 de maio de 2014

Visita do Quincas - Mundos de Vida

O Quincas foi muito bem recebido pelos alunos da turma AB.
Deu e recebeu muitos abraços.
Ele veio convidar-nos para a "maior Caminhada do Pijama do mundo", no próximo dia 1 de junho, às 10 horas.

sexta-feira, 21 de março de 2014

Dia do Pai


Material
dominó
tintas
folha de estanho
cola
fita
alecrim do canteiro da turma - Projeto "Menos Sal, Mais Saúde" - plantas aromáticas
Finalmente, os alunos escreveram poemas, quadras ou cartas.

terça-feira, 11 de março de 2014

Semana da Leitura

Este ano, dedicámos a semana da leitura à época dos descobrimentos, com  um lindo texto de José Jorge Letria
Infante D. Henrique. O navegador dos sonhos
Altura em que os portugueses, trouxeram para Portugal as famosas especiarias

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Informação

Informo os Encarregados de Educação que se disponibilizaram para participar nas atividades do projeto "Navegar com Ciência no Portugal Quinhentista" que, a data dos ensaios foi alterada para o dia 26 de fevereiro.

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Visita de estudo

O Paço dos Duques foi construído no século XV, em Guimarães, por D. Afonso, 1.º duque de Bragança, filho bastardo de D. João I e D. Inês Pires Esteves. Foi neste Palácio que D. Afonso residiu com D. Constança de Noronha, sua segunda esposa.

Na sala das Armas encontram-se expostas algumas das armas que foram reunidas pelo segundo Visconde de Pindela (1852-1922), e mais tarde adquiridas pelo Estado. É uma coleção dos sécs. XV a XIX e compreende vários exemplares de armas brancas e de fogo, elementos de armaduras dos séculos XV a XIX e dois telizes, um brasonado com as armas do colecionador. 

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Laboratórios Abertos 2014

   Na passada sexta feira, dia 17 de janeiro, a nossa turma dirigiu-se à escola  D. Sancho I para visitar os laboratórios.
   Saímos da escola às 9h, fazendo um  longo e agradável percurso a pé.
 Quando lá chegámos, fomos muito bem recebidos pelas nossas guias, a Raquel e a Maria, que são alunas do 12º ano dessa mesma escola.
   Levaram-nos a vários laboratórios onde, em cada um deles, tivemos a fantástica oportunidade de viajar no mundo da ciência. Desde a física à eletrotecnia, das ciências à química e à mecânica, tudo pensado ao pormenor.
   Nas ciências, deram-nos a conhecer seres vistos ao microscópio, minerais, fosséis e até mesmo os órgãos do porco.
   Na eletrotecnia, conhecemos várias máquinas, jogos de não tocar no arame, lâmpadas que se acendem com a voz, cubos de led´s e até um robô que seguia linhas pretas.
   Depois de tanta emoção, fomos conhecer o bar da escola onde, nos foi oferecido um sumo e um pão.
   Logo a seguir, fomos ao laboratório de química e apresentaram-nos o espetáculo "Química em ação".
   No laboratório de física, conhecemos os choques térmicos, o jogo do deixa passar a luz e o João e a Joana (um casal de balões).
   Por fim, na mecânica, prendemos, arranjámos e limámos peças estragadas.
   Quando acabou esta magnífica viagem, fiquei muito orgulhoso do meu pai, pois é ele o responsável pelos  Laboratórios Abertos.
   No final, antes de nos dirigirmos à nossa escola, ainda tivemos direito a um lápis que dobra e a um certificado de cientista convidado.
   Obrigado ESCOLA D. SANCHO I pela oportunidade que nos deram!
O Cientista
Francisco Barroso

sábado, 18 de janeiro de 2014

Laboratórios Abertos na escola D.Sancho I

Foi uma manhã bem diferente do habitual, dedicada ao mundo da ciência.






Os nossos agradecimentos à Raquel e à Maria, alunas do 12º ano, que nos acolheram e acompanharam ao longo desta fantástica viagem.

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Reunião de entrega da avaliação

No dia 15 de janeiro (4.ª feira) às 18h, realiza-se uma reunião com os Encarregados de Educação dos alunos da turma AB.
Ordem de trabalhos
1. Entrega da avaliação relativa ao 1.º período
2. Visita de estudo
3. Rifas (contas)
4. Outros assuntos
Espero por si!

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Informação - Rifas

Números sorteados
1.º prémio 047 - Maria Inês, salão de cabeleireira Isolina (vendida pelo aluno Duarte Rui)
2.º prémio 108 - ainda desconhecido
3.º prémio 968- família Pinto da Cunha (vendida pelo aluno Martim)

domingo, 22 de dezembro de 2013

Feliz Natal

  Feliz NATAL e Próspero Ano Novo cheio de alegrias e realizações.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Alimentação no Portugal Quinhentista

As alterações nos hábitos alimentares
Os descobrimentos portugueses tiveram um enorme impacto nos hábitos alimentares de muitos povos. A dieta dos europeus, graças à viagem das plantas, alterou-se radicalmente, sendo enriquecida com numerosos produtos vegetais oriundos de outros continentes.
Da Ásia chegaram as especiarias exóticas, como a pimenta, a canela, o gengibre e o cravo da Índia.
Da China, os portugueses trouxeram o chã que é hoje a bebida mas consumida a nível mundial.
Da América trouxeram numerosos produtos que hoje fazem parte integrante da gastronomia europeia, como a abóbora, o amendoim, o ananás, a batata, a batata doce, a baunilha, o cacau, o cajú, o feijão, o girassol, o maracujá, o milho, a papaia, o pimento e o tomate.
Da África trouxeram a malagueta, o coco, a melancia e mais tarde o café.
Os alunos e a professora da turma 4 AB, agradecem a todos os encarregados de educação que estiveram presentes na palestra  Alimentação no Portugal Quinhentista, com a oradora Professora Doutora Isabel Maria Fernandes.

Continuação do texto "Oficina dos Brinquedos"

  O Sr. Alfredo e a D. Noémia foram embrulhar todos aqueles brinquedos com papel colorido e fitas vermelhas.
   - Vamos despachar-nos porque daqui a pouco é noite.
   - Deixa só ir buscar uns chocolatinhos.- diz a D. Noémia.
   Ambos saíram muito sorridentes em direção ao lar, Padre David, em Ruilhe.
  Naquela instituição, havia muitas crianças sem família, mas muito queridas e bem educadas.
  Todas ficaram encantadas com aqueles maravilhosos presentes, era só alegria na carinha daqueles meninos.
   Mas, a  D. Noémia reparou numa que se mostrou especial.
   Ritinha tinha 4 anos e estava ali desde bebé. A D. Noémia encantou-se com ela. Era tão meiguinha!
    - Alfredo, chega aqui se faz favor. Não é querida, esta menina?
    - Olá! És muito bonita. - disse o Sr. Alfredo
    - É a Ritinha.Vamos levá-la para nossa casa? - disse D. Noémia.
    - Achas? Não é assim, temos de falar com o Sr. Padre David.
    - Ritinha, queres vir para a nossa casa?
  A menina meia envergonhada respondeu logo que sim.Os três, foram ter com o Sr. Padre David e disseram-lhe o que estavam a pensar.
   Depois de muitos papéis  preenchidos e assinados, os foram radiantes para casa.
   Tudo mudou na vida da D. Noémia e do Sr. Alfredo. A partir desse dia, era só alegria naquela casa. A Ritinha tornou-se uma filha para eles e costumava dizer:
   -Eu tenho os melhores pais do mundo e sou tão feliz!
Trabalho realizado pela Bárbara